Produzir conteúdos de qualidade é, sem dúvida, uma excelente estratégia para atrair consumidores e conduzi-los em sua jornada de compra. Porém, como chamar a atenção dos leitores que a cada dia encontram mais páginas na internet e que, diante de uma busca, encontram milhões de opções? As técnicas de SEO entram nesse jogo para colocar seu blog no topo do Google, conferindo a ele credibilidade e cliques.

Porém, é preciso ir além daquelas dicas de SEO básicas. Hoje em dia, os mecanismos de busca evoluíram e os algoritmos estão muito mais preparados para identificar conteúdos de qualidade. Quer saber como garantir que a sua página tenha destaque e seja mostrada em primeiros resultados? Confira nossas estratégias!

1. Skycraper

O Skycraper é um dos hacks mais eficientes de SEO. Com essa estratégia, você mira em quem está entre os primeiros lugares do Google e faz as ações necessárias para superar esse concorrente.

Para isso, você vai precisar encontrar um conteúdo que tem tudo a ver com seu blog ou negócio e que está lá no topo dos resultados de busca. Verifique todas as características: palavra-chave, subtítulos, tópicos, links que apontam para ele, presença de outros elementos gráficos (vídeos, imagens etc).

A seguir, você vai produzir um conteúdo baseado neste, mas muito melhor. Crie uma nova versão, ampliando-o e tornando a qualidade superior, seja com a inclusão ou atualização de informações, inserção de imagem e vídeos, design mais atrativo e assim por diante.

Além disso, é fundamental identificar os backlinks que apontam para esse conteúdo usando ferramentas de SEO como SEMRush ou Ahrefs. Então, entre em contato com os responsáveis pelas páginas de maior importância que você listou e conte a eles que seu blog oferece uma opção ainda melhor e mais completa de linkagem.

2. Variação de palavras-chave (LSI)

Foi-se o tempo em que o produtor de conteúdo precisava repetir uma palavra-chave mil vezes para indicar ao Google qual era o assunto do post. Atualmente, os especialistas em técnicas avançadas de SEO mostram que a situação é diferente: o ideal é usar variações da palavra-chave.

Além de tornarem o texto mais fluido e natural, essas trocas mostram aos algoritmos que o seu texto teve um planejamento e foi escrito por uma pessoa, e não por um robô que simplesmente fica repetindo uma palavras-chave específica. Isso se tornou essencial depois que o Google passou a usar o Latent Semantic Index (LSI), que procura no texto as variações comuns de um termo de busca.

Portanto, não tenha medo de variar. Neste post, por exemplo, estamos usando diversas variações: "hacks de SEO", "estratégias de SEO", "dicas de SEO", "técnicas de SEO", e assim por diante!

3. Melhorias no CTR

Quando você consegue mais cliques no seu site, o Google entende que seu conteúdo é relevante. Automaticamente, ele mostrará sua página em uma posição melhor. Por isso, uma das técnicas de growth hacking para blogs é aumentar sua Click Through Rate (CTR), ou seja, sua taxa de cliques.

Algumas maneiras de melhorar o CTR é criar títulos atrativos e bem específicos, que mostram o que o leitor vai encontrar naquela página. Você também pode reforçar essa ideia criando uma metadescrição irresistível, que faça a pessoa entender que precisa clicar e conferir seu conteúdo.

4. Otimização do site

Entre os hacks de SEO, não podemos deixar de lado a otimização de sites. Ela exige conhecimento técnico e cuidado na elaboração do conteúdo, mas com certeza vale a pena. É preciso garantir que a página tenha um carregamento extremamente rápido, seja responsiva para mobile, e que as tags do HTML sejam elaboradas para mostrar qual é o seu negócio!

Além disso, é preciso investir na experiência do usuário. Seu texto deve ter uma boa escaneabilidade e agregar elementos que facilitam a compreensão do assunto, como vídeos, infográficos e imagens. Também é fundamental otimizar o nome desses arquivos adicionais e o texto alternativo usando a palavra-chave.

Backlinks são, provavelmente, um dos hacks de SEO mais relevantes, pois eles têm muita influência no rankeamento. Afinal, se o seu conteúdo tem links de alta qualidade, ele recebe um "carimbo" de confiança do site que o recomendou, além de receber um número maior de visitas.

Há várias estratégias para aumentar a qualidade dos backlinks. A primeira é, sem dúvida, produzir um conteúdo excelente e altamente desejado. Além disso, pesquise na internet e encontre posts com grande tráfico e que possuem links quebrados. Crie opções para substituí-los, entre em contato com o administrador da página e ofereça o seu conteúdo como alternativa para solucionar aquele problema.

Você também não deve se esquecer do link building interno e de escrever conteúdos para outros sites. Essas são outras formas de ter links apontando para o seu blog, conquistar uma audiência maior e ganhar várias posições na SERP.

6. Atualização de conteúdos

Atualizar os conteúdos deve ser uma prática constante. Dessa forma, seus leitores sempre terão informações fresquinhas e verão a sua página como relevante. Quando isso acontece, eles passam a considerá-la como referência, voltam para consultar seu blog com frequência e sentem confiança até mesmo para compartilhar seus posts.

E a atualização não é apenas uma questão de trazer dados e números mais recentes. Com as extensões, você pode ampliar seu post e trazer conhecimentos mais profundos. Inclusive, é possível partir da própria interação com os usuários (como perguntas na área de comentários) para incluir informações relevantes para seu público.

7. SEO local

O SEO local também ajuda o seu conteúdo a se posicionar melhor e acrescenta um ingrediente nesse algoritmo: a geolocalização. Portanto, quando você cadastra sua empresa no Google Meu Negócio, sua página aparece em posições estratégicas para quem busca uma palavra-chave referente à sua área de atuação e está localizado perto do seu empreendimento.

8. Certificados de segurança (SSL — HTTPS)

Além de uma boa experiência, o Google quer que seus usuários encontrem segurança. Por isso, o HTTPS é um fator de classificação oficial. Os sites que investem nesses certificados têm uma vantagem no momento do rankeamento, pois ele garante que os dados trocados na interação entre o leitor e a página serão criptografados.

9. Google AMP

Atualmente, muita gente acessa a internet por dispositivos móveis. Percebendo essa tendência, o Google e outras empresas de tecnologia lançaram o acelerador de páginas para mobile, que otimiza imediatamente seu conteúdo e cria uma versão leve e sem scripts, que é carregada muito rapidamente.

Assim, sempre que um usuário usar seu smartphone para fazer uma busca no Google, o mecanismo colocará os conteúdos com versão AMP nas melhores posições. Essa é uma dica relativamente pouco conhecida de SEO e que você pode aproveitar para melhorar seu rankeamento.

10. Otimização para Google SERP

Você também pode otimizar seu conteúdo para que ele apareça na posição zero do Google, conhecida também como featured snippets. Dessa forma, quando o usuário busca a resposta a uma pergunta, seu blogpost tem chance de aparecer nesse lugar privilegiado e conseguir muito mais cliques.

11. Relevância do autor

O Google também considera a autoridade do autor (Author Rank) para definir se um conteúdo é relevante para os usuários. Portanto, quanto mais você ou sua empresa forem conhecido por trazerem conhecimentos importantes para aquela área, melhor será o seu posicionamento no Google.

12. Análise profunda dos concorrentes

Finalmente, foi-se o tempo em que bastava pesquisar palavras-chave e repeti-las ao longo do texto. Hoje em dia, é fundamental oferecer um conteúdo de qualidade, melhor do que aquele apresentado nas outras páginas que tratam o mesmo assunto.

Então, analise profundamente a estratégia de conteúdo dos concorrentes. Veja que tipo de blogpost eles publicam, quais são as palavras-chaves usadas e os tópicos que fazem sucesso com a audiência. A partir daí, estabeleça como meta não copiá-los, mas superá-los. Lembre-se do skycraper do primeiro item e passe a oferecer materiais mais completos e relevantes.

Viu como as técnicas de SEO não se resumem à pesquisa e posicionamento da palavra-chave no texto? Então, se o nosso post trouxe informações novas que vão ajudá-lo a rankear bem o seu conteúdo, compartilhe-o em suas redes sociais e ofereça essa mesma oportunidade aos seus amigos!