O growth hacking é uma estratégia de marketing totalmente orientada a experimentos. Com o objetivo de proporcionar o crescimento rápido e saudável do seu negócio, ele realiza vários testes e hipóteses para identificar as melhores práticas, ações e oportunidades a serem trabalhadas.

Você sabe o que é growth hacking? Cada vez mais presente na realidade das grandes empresas, esse conceito do marketing digital está ganhando espaço no mercado e potencializando os resultados das campanhas.

Ainda não sabe do que estamos falando? Continue a leitura e entenda, de uma vez por todas, tudo o que você precisa conhecer sobre o assunto!

O que é growth hacking?

Conhecido por proporcionar um crescimento rápido nas startups por onde passou, Sean Ellis é um profissional de marketing que se destacou no mercado e atuou em grandes empresas, sendo uma verdadeira autoridade no assunto. Baseado em toda essa experiência, Sean criou, em 2010, o termo growth hacking.

De modo resumido, podemos definir o growth hacking como um novo formato de marketing, orientado a experimentos. Ou seja, é uma forma de trabalhar o desenvolvimento de uma empresa a partir de testes que buscam encontrar as melhores oportunidades para o sucesso.

Por que ele é importante para a sua empresa?

Além do crescimento rápido, que é um dos principais objetivos do growth hacking, investir nessa estratégia pode trazer inúmeros benefícios para o seu negócio. Com os resultados gerados, é possível, por exemplo, aumentar a competitividade e destacar a sua marca no mercado.

A partir dos experimentos realizados, também é viável identificar erros e acertos cometidos pela sua empresa em todos os processos. Assim, sua equipe pode formular novos caminhos, resolvendo os problemas atuais e otimizando os serviços prestados.

Além disso, entender e trabalhar para melhorar a realidade da sua organização, por meio de testes acessíveis e precisos, ajuda a aumentar a credibilidade da sua marca e a retenção e a fidelização dos seus clientes.

Quais são as melhores ferramentas para implantar o growth hacking no seu negócio?

No growth hacking, tudo é medido de forma estatística e comprovado com dados reais. Para isso, é preciso contar com algumas ferramentas específicas que facilitarão o trabalho de implementação e análise de informações.

Pensando nisso, listamos as principais ferramentas que são úteis para esse trabalho. São elas:

Analytics

As ferramentas de analytics são essenciais para mensurar os resultados dos seus testes. Com elas, é possível identificar o desempenho de cada indicador avaliado, de acordo com o objetivo específico da sua ação.

Entre as principais ferramentas de análise de dados, podemos destacar Google Analytics e HEAP.

Testes A/B

Muito usados na etapa estatística do growth hacking, esses testes fazem comparações entre duas variáveis de marketing, para definir qual delas gera as melhores respostas: A ou B.

Pop-up

Embora sejam considerados invasivos pela maioria, quando trabalhados de forma contextualizada, os pop-ups podem ajudar a analisar o comportamento dos visitantes e a eficiência das ações e gerar leads.

Ainda que essas ferramentas sejam muito eficientes para potencializar a experimentação, é importante ter sempre em mente que, quando falamos em growth hacking, não existem milagres ou fórmulas mágicas. Tudo é feito a partir de dados científicos, que precisam ser entendidos e trabalhados de forma correta para apresentarem resultados.

Muito bacana, não é mesmo? Agora que você já sabe o que é growth hacking, compartilhe este conteúdo em suas redes sociais e ajude outras pessoas a otimizarem o crescimento dos seus negócios.