Para conquistar o mercado, destacar-se da concorrência e aumentar as conversões, é preciso se manter atualizado acerca de todas as novidades, tecnologias e estratégias interessantes para o seu negócio.

Pensando nisso, a inteligência de dados surgiu e está se popularizando entre as mais diversas empresas, de vários tamanhos e segmentos.

A estratégia de Inbound Marketing não fica de fora — com foco em educar o mercado e melhorar seu relacionamento com os consumidores e prospects, a união dessas duas ações se torna fundamental.

Para garantir, então, que a sua empresa otimize os resultados e consiga conquistar cada vez mais espaço no mercado, continue a leitura.

O que é inteligência de dados?

A inteligência de dados, ou Business Intelligence (BI), consiste na análise estratégica de informações conquistadas a respeito dos seus clientes e prospects e do mercado.

Essa coleta é realizada por meio de softwares próprios para Business Intelligence, nos quais são agrupados diversos dados em dashboards organizados.

Com essas informações disponíveis, é possível aumentar sua inteligência competitiva. Essa inteligência é responsável pelo processo de tomar decisões internamente, de forma estratégica e precisa, agora, com base nos dados disponibilizados pela sua ferramenta de inteligência de dados.

O Business Intelligence permite, portanto, que a sua empresa trabalhe com informações reais e dados concretos. Sem essas informações, os profissionais tendem a se nortear por aspectos mais abstratos.

Uma vez em contato com todos os dados fundamentais para a sua companhia, é possível aumentar a precisão e a segurança ao fazer escolhas, pensando no sucesso do negócio.

Ao contrário do que algumas pessoas pensam, no entanto, a inteligência de dados não trabalha apenas com esses sistemas internos — ela também pode ser usada para otimizar as ações de benchmarking dentro do seu negócio.

É possível configurar, por exemplo, quais são as métricas mais relevantes para a sua empresa e os KPIs que foram definidos e, assim, fazer uma análise muito mais simples e prática dos seus progressos dentro do seu objetivo de marketing.

Por que a inteligência de dados é fundamental para o sucesso de qualquer empresa?

A inteligência de dados é extremamente relevante para as estratégias da empresa. Isso acontece porque, quando trabalhamos com dados concretos, somos capazes de tomar decisões com embasamento em números reais, podendo, assim, evitar alguns erros ou resultados negativos.

Claro que, de modo geral, os dados não fazem mágica. No entanto, se forem analisados estrategicamente, é possível tomar decisões muito mais precisas.

O Business Intelligence também é capaz de analisar não só o comportamento dos seus consumidores, como também o mercado em que você está inserido e a realidade da sua empresa.

Dessa forma, é possível realizar uma análise de cenário e encontrar as estratégias mais interessantes para a sua organização, com maiores chances de sucesso.

Como usar a inteligência de dados para potencializar a estratégia de Inbound?

A inteligência de dados pode ser associada a diversas estratégias de marketing. Quando pensamos no marketing digital, por exemplo, esses dados tornam o processo muito mais interessante: é possível fazer o cruzamento das informações e encontrar as melhores alternativas para trabalhar a comunicação da sua empresa.

A estratégia de Inbound Marketing, por exemplo, se realizada com o auxílio de dados estratégicos, pode ajudar a aumentar as taxas de conversão, com a criação de conteúdos muito mais precisos e focados no seu público.

Dashboard

A grande maioria dos softwares de Business Intelligence tem um painel em que são apresentadas as estatísticas mais importantes para a análise da sua empresa.

O dashboard ajuda a enxergar, de forma clara, um panorama completo da sua companhia, identificando o que está acontecendo, quais ações estão dando certo e onde existem correções que precisam ser realizadas.

Também é possível cadastrar os KPIs do seu negócio. Isso fará com que você consiga, por meio do dashboard, acompanhar como está o desempenho de cada um desses indicadores-chave de performance, analisando o quão perto você está de alcançar os objetivos de marketing estabelecidos para a sua empresa.

Ao fazer o cadastro dos seus KPIs, certifique-se de inserir alguns dos mais interessantes. Eles são divididos em indicadores básicos e complexos.

Os indicadores básicos são:

  • taxa de rejeição;
  • usuários;
  • sessões;
  • visualizações;
  • tempo de permanência.

Os indicadores complexos são:

  • custo por lead;
  • número de visitantes que finalizaram as compras;
  • porcentagem de conversões;
  • vendas fechadas separadas por canais de aquisição.

São vários os indicadores-chave de performance que precisam ser analisados. No entanto, quando pensamos nos mais importantes, não podemos nos esquecer dos que foram citados. Com a análise desses números, é possível ter insights e identificar algumas informações que podem não estar tão óbvias assim no dia a dia.

Análises preditivas

Ao usar o dashboard, é possível separar as informações em dois cenários distintos:

  • o prescritivo, em que são identificadas situações que podem ser otimizadas e corrigidas momentaneamente;
  • o preditivo, que apresenta as tendências dos consumidores de acordo com o seu comportamento, ajudando o time de marketing a elaborar ações mais estratégicas.

Com essas informações, é possível que a sua empresa trabalhe de forma mais proativa, evitando que seja necessário um problema para que as ações corretivas e estratégicas sejam tomadas.

Conhecimento de mercado

O conhecimento de mercado também é potencializado com a análise de dados. Quando os KPIs são corretamente cadastrados, é possível identificar como sua empresa realmente está no mercado, quais são os clientes que geram maior lucro para a organização, dentre outras informações.

Com esses dados, é possível criar uma persona com muito mais precisão, analisar quais são as maiores dúvidas e os questionamentos do seu público, quais serviços e produtos estão performando melhor com cada tipo de cliente e muito mais.

Análise de resultados

A análise de resultados é fundamental para garantir o sucesso da sua empresa. Poucas organizações têm uma rotina de análise bem detalhada, o que acaba afetando o dia a dia do negócio.

Com a integração da inteligência de dados e da estratégia de Inbound Marketing, é possível entender melhor como cada ação está performando e tomar decisões para melhorar esses números mês a mês.

Ações estratégicas

Quanto mais dados analisarmos, maiores serão as chances de termos ações muito mais precisas na estratégia de Inbound Marketing.

As informações coletadas são responsáveis por nortear o time de marketing e permitir que as decisões tomadas sejam sempre embasadas em dados concretos.

Integração entre departamentos

A inteligência de dados também é responsável por integrar os departamentos. Isso significa que os especialistas em Business Intelligence trabalharão em conjunto com o time de marketing. De um lado, são oferecidos os dados; do outro, apresentados os questionamentos e desafios do dia a dia.

A junção desses dois grupos pode tornar a empresa muito mais lucrativa, uma vez que os dados estrategicamente utilizados permitem que você aumente as taxas de conversão e relacione-se melhor com os clientes e prospects.

Quais são os erros mais comuns ao realizar o uso de inteligência de dados

Apesar da estratégia ser enriquecedora, existem alguns erros muito comuns ao abraçar a estratégia de inteligência de dados.

Falta de planejamento

O primeiro deles é a falta de planejamento estratégico. Os dados, de fato, podem trazer vários benefícios para as empresas. Porém, se não forem analisados com base em um objetivo definido, eles não serão estratégicos como deveriam.

Foco na quantidade e não na qualidade

Apesar da perspectiva de "quanto mais dados, melhor", não podemos nos esquecer que é sempre mais interessante focar em dados mais coerentes e de maior qualidade, do que simplesmente na quantidade de informações.

Algumas empresas, infelizmente, ainda trabalham com o foco na quantidade. O que, muitas vezes, pode atrapalhar a busca pelos resultados esperados.

Não gerenciar os dados

As informações são fundamentais, mas nenhum dado permanece imutável. É importante que a equipe de inteligência de dados seja capaz de analisar as informações, considerando o "tempo de vida" dos dados.

Isso garantirá que as informações não fiquem ultrapassadas, e não prejudiquem as estratégias da empresa.

Não monitorar os resultados

Como toda estratégia de marketing, o business intelligence também precisa ser mensurado. Nesse momento, é fundamental ter uma rotina de qualificação de resultados, onde serão analisados os impactos de cada estratégia, agora norteada com números reais, para a empresa.

Uma estratégia de Inbound Marketing bem alinhada com a inteligência de dados é capaz de transformar os resultados da empresa e otimizar os investimentos realizados, aumentando as taxas de conversão em leads, oportunidades de vendas e clientes.

Quer saber mais sobre como melhorar os resultados por meio do Inbound Marketing? Confira nosso artigo sobre como produzir conteúdos de qualidade e veja as estratégias indicadas!