Conhecer os melhores horários para postar no Facebook é uma das garantias de sucesso em uma estratégia de conteúdo na maior rede social do mundo.

Para os negócios, é fundamental que suas ações sejam embasadas em dados. Por isso é necessário avaliar alguns fatores para saber quando realizar as postagens, tendo em vista os melhores resultados.

Uma escolha aleatória poderá reduzir o alcance de suas publicações, o que traz como consequência a redução nas chances de converter leads em clientes. E em estratégias de atração, a quantidade importa sim, e muito!

Sendo assim, vamos ver o que fazer para que seus horários sejam todos nobres para sua audiência?

Use o Facebook Insights

A primeira fonte de consulta que você precisa utilizar para saber quais os melhores horários para postar no Facebook é o seu próprio painel, na aba “Informações”. Na coluna à esquerda, clique em “Publicações”, e você verá um gráfico. A linha horizontal representa a hora do dia, enquanto a vertical mede a quantidade de pessoas alcançadas.

Mais acima você encontra as quantidades de acessos para cada dia da semana, cujo gráfico pode ser visualizado em destaque, ao passar o cursor. E o que isso quer dizer?

No Facebook, estima-se que as 5 primeiras horas sejam aquelas em que suas publicações alcançam mais pessoas. A partir desse prazo, elas começam a declinar, até não impactarem mais ninguém.

Portanto, o seu horário preferido deverá ser aquele com maior número de acessos dentro de um período de 5 horas. Normalmente, e conforme uma pesquisa da plataforma Hootsuite, essa faixa está entre meio-dia e três da tarde. Claro que pode haver uma variação em cada caso para mais ou para menos. Analise o que os gráficos mostram e publique sempre no começo da curva ascendente.

No entanto, pode ser que sua empresa esteja começando do zero, e, sendo assim, não há nada para ver nos insights. Como agir nesse caso? É o que veremos no próximo tópico, acompanhe.

Entenda o seu público-alvo

Se sua fanpage ainda nem foi ao ar, então você terá basicamente que adotar estimativas e análise de público-alvo. O primeiro critério consiste em se basear no que estatísticas como as da Hootsuite mostram. Assim, você garante que pelo menos a maior quantidade possível de pessoas será impactada, podendo ajustar conforme seus gráficos evoluam.

Já o segundo critério é considerar o perfil da sua audiência com base na sua persona ou em dados demográficos. Por exemplo, vamos considerar que seu negócio dialoga com mulheres entre 25 e 35 anos, com nível superior e consumidoras de conteúdo online. Nesse caso, o horário comercial talvez não seja adequado, já que as chances delas serem atraídas diminuem.

O horário noturno também pode não ser tão interessante, uma vez que é à noite que elas aproveitam para ir à academia, estar com a família ou fazer outras atividades. Dessa forma, é provável que o horário da manhã seja o ideal, já que, em teoria, seria o único em que teriam alguns minutos para acessar suas redes sociais.

Claro que são especulações, que você poderá confirmar ou não com uma pesquisa de mercado bem direcionada. O que importa é que, na falta de dados, deve sempre prevalecer o bom senso.

Faça testes

Embora o objetivo principal ao explorar os melhores horários para postar no Facebook seja aumentar o alcance orgânico, nada o impede de fazer testes em outras faixas. A justificativa para isso é tentar ampliar a divulgação de seus conteúdos em horários cuja audiência não seja tão impactada. Dessa forma, você poderá atrair leads novos, ou seja, as chances de expandir o número de clientes tende a aumentar.

Seria algo similar aos já conhecidos testes A/B em e-mail marketing. Você testa um tipo de conteúdo em dois horários distintos e, em seguida, compara os resultados. Mas, atenção, nada de se basear apenas em métricas de vaidade.

Pode ser que uma publicação com alcance maior gere menos conversões do que uma de menor impacto. Por isso o foco deve ser em sempre em resultados efetivos. Embora os indicadores sociais sejam importantes, eles não devem ser confundidos com o seu objetivo principal.

Estude padrões de comportamento

Em suas publicações, possivelmente você observará que as reações das pessoas varia, dependendo do horário e do tipo de conteúdo postado. Um post sobre uma data comemorativa pode gerar reações diferentes, se publicado em horários diferentes. O mesmo vale para seus conteúdos promocionais.

O comportamento dos seus leads pode se revelar uma caixinha de surpresas com o passar do tempo, por isso vale dedicar-se ao estudo dessas variações, para saber se há algum padrão nelas. Você poderá descobrir, por exemplo, que uma determinada palheta de cores funciona melhor em um determinado horário e para certos tipos de conteúdo, e para outros não.

As variantes podem se estender indefinidamente. Sendo assim, cabe a você estudar e avaliar o que pode dar certo, sempre com base em evidências comportamentais e em dados.

Cruze dados

Por falar em dados, são eles que servirão de ponto de partida para seleção dos horários e também da frequência de seus posts. Sim, porque além dos horários, é importante definir quantas publicações você fará semanalmente.

Nesse sentido, uma pesquisa da Sprout Social constatou que o período entre quarta e domingo é o mais recomendado. E se você quiser “bombar”, então prefira as quintas-feiras, o dia mais agitado, segundo o estudo.

Entretanto, há outros dados que podem ser cruzados e fornecer bons insights em relação aos horários, em especial para quem publica conteúdo de blog no Facebook. No Google Analytics, é mostrado no painel os dias da semana e horários com mais acessos. Use-os também para publicar na sua página e potencializar sua audiência.

Independentemente de qual seja sua estratégia, o mais importante é que você procure sempre se pautar em dados e números informados pelas ferramentas aqui destacadas. O que você não pode é publicar apenas porque acha que o horário vai funcionar ou porque ouviu dizer que assim seria melhor. Chute só é bom no futebol, por isso evite o acaso na hora de escolher os melhores horários para postar no Facebook, combinado?

Já que você está interessado em aumentar o seu alcance, que tal acessar agora o artigo em que mostramos como fazer o SEO local?