Uma das principais vantagens do Marketing Digital é a possibilidade de otimização das campanhas. O comportamento do usuário gera uma série de dados que, quando analisados, permitem rastrear conversões, direcionar melhor os anúncios, realizar campanhas de remarketing e aumentar as vendas. Uma das ferramentas para alcançar esse objetivo é o pixel do Facebook. Você sabe como usá-lo?

Então, não perca este post! Vamos explicar o que é, como funciona e quais as vantagens de utilizá-lo nas suas campanhas. Continue a leitura e descubra como multiplicar seus resultados!

O que é o pixel do Facebook?

O pixel do Facebook é um trecho de código que você pode inserir em suas páginas. Ele é utilizado para rastrear o que o usuário fez depois que teve contato com um anúncio e de que forma ele se comportou no seu site, blog, landing page ou e-commerce. Assim, quem criou a campanha descobre quais foram as páginas que o consumidor visitou, os produtos visualizados ou se houve conversão.

Quais são as vantagens de usar o pixel do Facebook?

Essa ferramenta é muito importante para otimizar sua estratégia e obter resultados cada vez melhores. Se o pixel mostra que a pessoa visualizou alguns produtos, essa informação pode ser utilizada em campanhas de remarketing. Dessa forma, sua empresa oferece mercadorias em que o consumidor tem interesse, aumentando as chances de compra.

Além disso, o pixel do Facebook permite que a empresa direcione seus próximos anúncios a públicos semelhantes àqueles que geraram conversões. A plataforma identifica pessoas que têm características, comportamentos e interesses idênticos e, portanto, estão mais propensas a comprarem produtos e serviços iguais.

Essas ações, embora simples, podem gerar um grande aumento nas conversões. Na verdade, a máquina aprende a conhecer seu público cada vez melhor. Ela identifica as preferências de cada um, os produtos da sua empresa que são compatíveis com esses interesses e faz a ponte entre as duas partes, exibindo o anúncio certo para o consumidor certo. Assim, o ROI de suas campanhas melhora imediatamente!

Portanto, com o pixel do Facebook, você pode:

  • fazer com que seu anúncio seja exibido para o público certo, ou seja, pessoas que já visitaram sua página ou têm um perfil semelhante ao daquelas que realizaram conversões;
  • aumentar as vendas, pois os anúncios são exibidos para quem tem interesse em seus produtos;
  • avaliar o sucesso da sua campanha, pois os relatórios mostram qual foi o comportamento dos visitantes diante das suas mensagens.

Como instalar o pixel do Facebook?

Há duas formas de instalar essa ferramenta. Em alguns casos, quando o responsável pela campanha não tem acesso ao código do site, ele precisa recorrer ao desenvolvedor da página. Basta enviar o código gerado no Facebook por e-mail para esse profissional, que ele adicionará às páginas do seu site.

Porém, em outros casos, o próprio responsável pela campanha tem acesso ao código do site da empresa. Sendo assim, ele deve seguir os passos dispostos abaixo.

Acesse sua conta no Facebook Business

Se você não tem uma conta no Facebook Business, o primeiro passo é criá-la. Essa é a plataforma que será usada para criar o pixel, gerenciar seus anúncios e assim por diante. Porém, se a sua inscrição já está ativa, basta acessá-la.

Crie seu pixel

Depois de acessar sua conta, as próximas etapas são muito simples:

  • abra o menu do Gerenciador de Negócios por meio do botão localizado no canto superior esquerdo da tela;
  • na coluna Mensurar e Relatar, você encontrará a opção Pixels. Clique nela para iniciar a criação;
  • clique no botão verde no qual está escrito "criar um Pixel";
  • dê um nome ao seu código e clique novamente em "criar".

Realize a instalação manual

Depois dessas ações, aparecerá uma janela com três opções. Vamos explicar como instalar o pixel manualmente, que é o que acontece quando você tem controle sobre o código do site e não precisa de um desenvolvedor para realizar a tarefa. Veja como é simples:

  • clique em "instale você mesmo o código do pixel manualmente";
  • clique sobre o tópico "copie todo o código do pixel e cole-o no cabeçalho do site". A plataforma fará automaticamente a cópia do texto que aparece ali.

Cole o pixel no cabeçalho do seu site

Abra o código do seu site e localize as tags <head> e </head>, que sinalizam o início e o fim do cabeçalho. O texto que você copiou deverá ser colado antes da tag </head> para que ele funcione perfeitamente.

Esse último procedimento pode ser um pouquinho diferente se você utiliza o WordPress, o Wix ou, ainda, se precisa fazer uma integração com sites parceiros. Nesses casos, é importante buscar instruções específicas, seja na seção de suporte do Facebook, seja de acordo com a orientação de terceiros responsáveis pela parceria.

Assim como outras ferramentas de Analytics, o pixel do Facebook coleta dados a partir do momento da instalação no seu site. Portanto, ele não mostrará informações sobre o comportamento dos usuários que visitaram a página antes dessa data.

Como utilizar o pixel do Facebook?

Porém, tão importante quanto instalar o pixel do Facebook é saber como utilizá-lo para obter resultados. Por isso, selecionamos algumas sugestões que você conferirá a seguir.

Aposte em campanhas de remarketing

Por meio do pixel, a plataforma identificará quem acessou suas páginas, mas não realizou a conversão. Então, você pode criar uma campanha para atingir esses usuários e exibir anúncios no Facebook. Ao visualizar o produto novamente, é possível que, dessa vez, a pessoa faça a compra.

Rastreie suas conversões

As conversões são as ações que você quer que o visitante realize. Portanto, se você anunciou um produto, a conversão é a compra. Se o seu objetivo era fazer a pessoa preencher um formulário, essa é a conversão esperada pela campanha. O mesmo pode acontecer com a assinatura da newsletter, uma solicitação de demonstração etc.

A partir dos dados levantados pelo pixel do Facebook, você consegue rastrear o comportamento do usuário para otimizar suas campanhas. Se as pessoas clicaram no anúncio que oferecia um e-book, por exemplo, mas não inseriram o e-mail para baixá-lo, pode ser que sua landing page não esteja suficientemente atrativa, mostrando o verdadeiro valor que o seu material tem a oferecer. Melhorá-la pode levá-la a um número maior de conversões.

Outra possibilidade é fazer testes. Um e-commerce pode, por exemplo, veicular dois tipos de anúncios de uma jaqueta — com e sem preço. Com os dados, é possível mensurar qual deles obteve melhor resultado em vendas. Afinal, quem clica em uma propaganda sem saber o valor da mercadoria pode desistir depois de acessar a página. Só esse teste pode mostrar qual das opções é mais efetiva para alcançar o resultado que você deseja.

E agora, entendeu para que serve o pixel do Facebook e como instalá-lo e usá-lo para obter mais sucesso em suas campanhas? Gostou do post? Acha que ele pode ser útil para outros profissionais? Então, não perca tempo! Compartilhe este conteúdo nas suas redes sociais e ajude quem ainda não conhece esse recurso!